Português Italian English Spanish
Menu

Rondônia entra na última fase para ter selo de identificação do café robusta

Data de Publicação: 25 de março de 2020

O tradicional Café Robusta da Amazônia, produzido em várias cidades do interior de Rondônia, entrou no último processo para receber a certificação de Indicação Geográfica (IG). Caso consigam o selo, agricultores da região podem ser beneficiados com o selo que visa reconhecer, proteger e valorizar produtos de procedência determinada.

A Associação dos Cafeicultores da Região das Matas de Rondônia (Caferon) tenta, desde 2019, conquistar o reconhecimento de Identificação Geográfica, pela necessidade dos produtores em comercializar o café com preço justo.

O Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) é responsável pelo reconhecimento formal da IG. O selo comprova que a qualidade do café produzido em 15 cidades do estado está diretamente ligada à região de produção.

FONTE:G1

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário
 Busque no site
 FOTOS DE EVENTOS
 Siga-nos
...
...
...