Português Italian English Spanish
Menu

Vereador é acusado de abuso de incapaz em Monte Negro

Data de Publicação: 30 de julho de 2020

O Site obteve uma ocorrência policial de um suposto abuso sexual contra uma criança menor de idade. O principal suspeito é um vereador de Monte Negro, o caso teria acontecido na última sexta-feira (24).

Conforme informações do registro policial, dois conselheiros tutelares acionaram a Polícia Militar após receber uma denúncia de que um vereador teria supostamente cometido o abuso sexual contra uma menor. Relata o boletim que a menor estava desesperada e chorando após ser tocada na região dos seus seios.

De acordo com boletim, os policiais juntamente com os conselheiros tutelares foram até a vítima e em contato com a avó da menor, a mulher confirmou que sua neta teria relatado o suposto abuso. Para os policiais, a avó contou que a criança sofre de transtorno mentais e, momentos antes da guarnição policial chegar, o vereador teria acabado de sair de sua casa, ele teria alegado que o caso foi um mal-entendido, pois passou a mão no ombro e no queixo da criança, e não em seus seios. Ainda de acordo com a avó, o vereador teria pedido para ela não chamar a polícia.


Segundo o boletim, uma conselheira tutelar que acompanhou a ocorrência chamou a criança em particular que ainda estava em estado de choque, e a menina confirmou que o vereador teria passado a mão.

Diante da afirmativa da menor, os policiais foram até a casa do vereador e ao ser questionado sobre a denúncia, o parlamentar negou o abuso e disse que tem a criança como filha. Apurou o Site que os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia para prestar esclarecimento sobre o caso.


Fonte: Jornal Rondôniavip

  Veja Mais
Exibindo de 1 a 4 resultados (total: 7372)

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário
 Busque no site
 FOTOS DE EVENTOS
 Siga-nos
...
...
...
...
...
...
...